Série é original da Netflix (Foto: Reprodução)

A mais nova série da Netflix está cada dia mais amada por todos; inclusive aqueles que amam estilo e uma boa história de superação. Girlboss conta a história de vida de Sophie, que vê seu mundo de cabeça para baixo quando está prestes a ser despejada e foi demitida de seu último emprego (que pelo o que percebemos enquanto vemos a série, não é tão difícil de acontecer).

Tudo muda, quando a garota encontra a jaqueta perfeita e após alguns retoques, decidi-la vende-la no Ebay…e ganha uma boa grana com isso, começando assim uma pequena empresa, intitulada “Nasty Gal Vintage”.

A série que possuí apenas 13 episódios (e tomara que eles renovem!), conta com um toque diferente em sua narrativa e muito realismo; uma vez que a personagem principal é uma jovem de 23 anos que não aceita o fato de ter que encarar uma vida adulta – assim como muitos de nós – e age inúmeras vezes de maneira infantilizada e acaba sofrendo por isso.

Girlboss também contém uma trilha sonora encantadora e muito nostálgica; o que transmite bem a personalidade e vida de Sophie, que não teria problemas caso fosse enviada para os anos 80.

A fotografia da série é algo encantador. Com cores vibrantes e tons que combinam, a fotografia varia de cena para cena, mas nunca perde a essência do momento. Como quando Sophie finalmente encontra o nome para seu site; as cores vibrantes do momento mostram a alegria e como a mente da garota estava a mil com aquela descoberta.

O problema de comunicação entre pais e filhos também é tratado na série; uma vez que Sophie e seu pai não se comunicam com frequência e possuem uma falta de confiança um no outro.

Girlboss é baseada no livro de Sophie Amuroso (a verdadeira Nasty Gal Vintage) e mostra como é possível alcançar seus objetivos mesmo com as dificuldades que cercam suas decisões.

Girlboss vale o tempo assistido e não cai nos típicos clichês adolescentes em que tudo acontece num passe de mágica e leva o espectador a querer assistir um episódio atrás do outro.

A série carrega um tom de seriedade e mostra como nós temos medo de crescer e encarar a vida como ela realmente é; com seus altos e baixos e nossos momentos de glória e fraqueza. Sophie chora, sorri e se desespera em meio as situações que muitas vezes nós vivemos.

Não esqueça de conferir Girlboss no Netflix! 

Deixe uma resposta